Noticias

MAIS REFORÇO PARA AS FADM

MAIS REFORÇO PARA AS FADM

MINISTRO DA DEFESA NACIONAL ORIENTA A CERMÓNIA DE ENCERRAMENTO

Nampula, Moçambique- A Academia Militar Marechal Samora Machel realizou Sábado, 7 de Junho corrente, a cerimónia de encerramento do curso de oficiais milicianos, iniciado no passado mês de Dezembro envolvendo jovens licenciados em várias áreas de conhecimento.

Não ocasião, a comandante da Academia Militar, Major General Victor Muirequetule, disse que recebeu “do mais alto Comando das FADM a missão de ministrar um curso, e, terminada a formação em conformidade com as matérias que habilitam ao exercício das tarefas como oficiais milicianos, cumpria  fazer a entrega dos jovens perfilados ao Chefe do Estado Maior General das FADM. São jovens licenciados que decidiram abraçar a carreira militar - missão cumprida”.

Convidada para tecer algumas considerações em torno da cerimónia, a governadora da província de Nampula, Cidália Chaúque, saudou os esforços empreendidos pelos graduados, seus familiáres e o corpo docente da AM, na formação de homens que, naturalmente, vão contribuir para o desenvolvimento do país e da província de Nampula em particular.

Aos recém-graduados, a governante apelou para que usem os conhecimentos adquiridos, na sala de aulas, para melhorarem a gestão e administração dos problemas de vária ordem para o crescimento da economia nacional, acrescentando que aqueles diplomas devem produzir resultados para o benefício do povo.

Dirigindo-se ao colectivo presente na Cerimónia de encerramento do Curso de Oficiais Milicianos, o Ministro da Defesa Nacional, Agostinho Mondlane, saudou de forma especial aos pais dos Alferes Milicianos por estes presenciarem o acto nobre, que confere “aos seus filhos uma responsabilidade sublime, enquanto cidadãos, por passarem a fazer parte daqueles que, com o seu saber e sacrifício, contribuem na defesa da Pátria”.

Mondlane lamentou por outro lado que “o encerramento acontece em circunstancias particulares, se tivermos em linha de conta os tristes e lamentaveis acontecimentos verificados nos últimos dias em zonas localizadas da provincia de Sofala, na região centro do Pais”.

Num outro desenvolvimento o pelouro da Defesa Nacional, disse  que o evento acontecia também num momento de alegria para o povo Moçambcano, em geral, e para as FADM em particular, na medida em que, este ano conscidia com a passagem do Quinquagésimo aniversário do Desencadeamento da Luta Armada de Libertação Nacional.

Entretanto, o MDN, afirmou que o padrão elevado de desempenho só será possivel se estiverem associados a uma identidade própria, alicerçada numa disciplina e condutas fortes ao respito pelos valores da Instituição militar e da sociedade moçambicana.

Aos finalistas o ministro da Defesa Nacional disse que a “escolha que fizeram, fizeram-na cientes dos desafios inerentes a carreira militar. Que Ser oficial é ter uma formação adequada, contínua, a par de preparação física e adestramento militar indispensáveis. É possuir uma formação comportamental assente na sólida educação moral, cívico e patriótica”. E acrescenta “ Festejar este ano é revisitar o passado, feito de valorosos actos de bravura e coragem, um passado que não deve ser esquecido, pelo exemplo e pela inspiração que encerra”. Concluiu Agostinho Mondlane.

Additional information